Em greve, servidores do meio ambiente pedem apoio do deputado estadual Betão

Um dia após iniciarem a greve, servidores públicos do meio ambiente no Estado de Minas Gerais, representados pelo Sindicato dos Servidores Públicos do Meio Ambiente no Estado de Minas Gerais (SINDSEMA) vieram ao gabinete do deputado Betão pedir apoio à causa. Amanhã, os servidores participarão das comissões dos Direitos Humanos e do Trabalho, da Previdência e da Assistência Social, das quais Betão faz parte na ALMG.

Na pauta de discussão, o fato da categoria ter entrado na Justiça pedindo a execução do acordo homologado para que seja enviado o plano de carreira da categoria à Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Os servidores exigem também o fim do chamado “fator redutor variável”, que incide sobre a gratificação dos servidores reduzindo o valor do benefício.

“O que eu tenho ouvido de todas as categorias é que o governador não está aberto ao diálogo e que não ouve as demandas do funcionalismo público. O que esses servidores querem é dialogar sobre as suas dificuldades e por isso, meu mandato está a disposição para qualquer categoria que precise fazer esse enfrentamento contra a retirada de direitos”, disse Betão em reunião com os trabalhadores.

“A gente teve uma conversa no dia 6 de março e o governo sinalizou que só nos receberia novamente depois que resolvesse a questão do reajuste da segurança pública, que será só no próximo dia 19”, disse Gabriel Mendoza, representante do Sindicato dos Servidores Públicos do Meio Ambiente no Estado de Minas Gerais (SINDSEMA).

Na prática, os servidores também reclamaram das péssimas condições de trabalho como a falta de treinamento, de reposição de profissional e também das condições físicas de trabalho, como falta de equipamentos e de material técnico. Somente no ano passado, cerca de 200 pessoas se aposentaram e o quadro de funcionários, que hoje é de cerca de 1600 no total, não foi reposto

O vice-presidente do Sindicato, José Alves, teme que com a nova reforma aprovada, a situação tende a piorar e as condições possam ser ainda mais complicadas.

“O quadro está só reduzindo e não estamos recebendo nem pessoal para repor, nem capacitação para os que ficaram. Isso é preocupante porque estamos trabalhando também em péssimas condições de trabalho, sem os devidos equipamentos de segurança e em péssimas condições”, reforça.

Importância da categoria para Minas Gerais

Os servidores do meio ambiente lidam com as áreas de licenciamento ambiental, regularização, fiscalização, zoneamento, gestão ambiental, participação em conselhos ambientais e atuação em órgãos deliberativos de extrema importância para a sociedade.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.