Indicação de emenda parlamentar do deputado estadual Betão garante R$ 133 mil para o Centro de Referência em Direitos Humanos de Juiz de Fora

O Centro de Referência em Direitos Humanos de Juiz de Fora (CRDH), que desenvolve um trabalho importante de proteção, promoção e defesa dos direitos de setores como a população de rua, a população carcerária das 3 unidades prisionais do município, bem como para diversas pessoas que têm seus direitos violados ou ameaçados por violência física ou psicológica, se encontrava em situação de ameaça de fechamento por falta de verbas. Diante da situação, o mandato do deputado estadual Betão, indicou duas emendas parlamentares ao Centro, uma impositiva no valor de R$ 133 mil e outra extra, no valor de R$ 75 mil, que têm como objetivo a manutenção dos trabalhos no município e na região da Zona da Mata.

A primeira, por ser impositiva, tem garantia de pagamento do governo do Estado.  A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (SEDESE) prorrogou o contrato com o Instituto Educação e Cidadania, entidade responsável pela manutenção do Centro de Referência em Direitos Humanos em Juiz de Fora e região, também mobilizada pela indicação da emenda parlamentar feita por Betão.

Para Fabiana Rabelo, coordenadora do CRDH-JF desde 2015, a indicação da emenda foi imprescindível para a continuidade dos trabalhos. “Nós fazemos um trabalho multidisciplinar com assistente social, advogado e psicólogo, e sem recursos não poderíamos mais pagar os profissionais, assim como não poderíamos arcar com os materiais e a infraestrutura necessária para atender à população”, afirma. “Nós temos proximidade com a trajetória do Betão desde que ele era vereador em Juiz de Fora, e sabíamos que poderíamos contar com ele, pela história política sempre em defesa dos direitos humanos”, complementa.

Betão, que hoje é membro da comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, atuou na comissão da Câmara Municipal durante seus três mandatos como vereador em Juiz de Fora, e entende que fomentar trabalhos como o do Centro de Referência é fundamental para a sociedade. “Nós vivemos um momento político no país e no estado que torna fundamental agir em defesa dos direitos básicos das pessoas. Vivemos uma escalada autoritária, que despreza a vida, a renda, o emprego e a dignidade da população. Não poderíamos permitir que um projeto como esse fechasse as portas”, afirma.

Para Agnaldo Paiva, voluntário nas atividades do Centro de Referência, é muito importante, dada a conjuntura política em que vivemos, que haja mandatos como o do deputado Betão, preocupado com a vida das pessoas . “Essa é uma pauta que não traz benefícios eleitorais para quem a abraça, mas sim benefícios para as pessoas que são auxiliadas. Vemos no Betão alguém que de fato entende o que é valorizar os direitos humanos, e em um momento crítico como o que estamos vivendo, ter essa parceria é fundamental”, reforça.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.