Prestes a ser reaberta, Escola Municipal José Dôndici, na zona rural de Lima Duarte, recebe a visita do deputado Betão

Dois anos depois do fechamento da Escola Municipal José Dôndici, localizada no distrito de São José dos Lopes, zona rural de Lima Duarte, uma boa notícia: em breve o local voltará a receber os cerca de 33 estudantes com idades entre 4 e 11 anos. Na manhã de hoje, o deputado estadual Betão participou, acompanhado da prefeita da cidade, Elenice Delgado (PT), de uma cerimônia simbólica nas instalações da escola, que já recebeu aval para retornar às atividades e que aguarda somente a vistoria do Estado para voltar a funcionar.

Com o fechamento da escola em 2019, os cerca de 40 alunos ficaram sem ter como estudar perto de casa e passaram a ter que “viajar” por cerca de 18 km, em condições precárias, para estudar nas cidades vizinhas.

Diante da importância para a comunidade, esse fechamento foi tema de audiência pública e de debates entre os moradores, que enviaram uma denúncia formalizada ao Ministério Público, o qual ajuizou uma ação civil pública contra o município, devido ao fato de ter sido fechada pelo prefeito anterior sem a devida discussão com a comunidade escolar e com a direção da escola.

Agora, com a possibilidade de reabertura do espaço, pais, mães, responsáveis, professores e toda a comunidade escolar poderão acompanhar de perto e de forma segura o dia a dia escolar dos estudantes. Antes, a luta de toda a comunidade era, minimamente, para manter um diálogo com o Executivo, que ignorava as necessidades apresentadas por eles.

Hoje, com a possibilidade de reabertura do espaço, pais, mães, responsáveis, professores e toda a comunidade escolar poderão acompanhar de perto e de forma segura o dia a dia escolar dos estudantes. Antes, a luta de toda a comunidade era, minimamente, para manter um diálogo com o Executivo, que ignorava as necessidades apresentadas por eles.

“A educação é uma das prioridades do nosso mandato e a reabertura da Escola será um momento muito importante não só para Lima Duarte, mas também para toda a região”, afirma a Prefeita Elenice.

Já para o representante da comunidade de São José dos Lopes, Daniel de Paula Silva, o anúncio foi um alívio. “Ficamos felizes demais porque a escola estava fechada mesmo há mais de dois anos, e com a retomada das atividades, esses alunos não terão mais que pegar estrada e viajar, por longas distâncias, em situação precária diariamente. É uma notícia que alegrou a todos”, comemorou.

“Acompanhamos por dois anos a luta da comunidade que é totalmente envolvida com a educação desses quase 40 alunos. Eles precisam e merecem ter uma educação de qualidade, que também seja reflexo cultural da comunidade onde vivem. Quero parabenizar a companheira Elenice, que estando aqui mostra que apoia não só a educação, mas o diálogo com os moradores”, afirma Betão.

A situação da escola, acompanhada pelo mandato durante todo esse período, levou  Betão a apresentar, via Comissão de Educação, o Projeto de Lei 621/2019, para evitar que novas escolas em Minas Gerais sejam fechadas. Com a aprovação do projeto, o fechamento de qualquer escola pública no Estado ficará condicionado à oitiva prévia da comunidade escolar e dos órgãos normativos do sistema de ensino público estadual.

“A ideia do projeto veio a partir do caso da escola de São José dos Lopes, fechada de forma arbitrária e sem uma consulta prévia da população local. Um absurdo que não pode continuar porque além de ser um espaço de educação regular, a escola estabelece um vínculo cultural com a comunidade”, finalizou o deputado.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.