Betão apresenta emendas ao Projeto de compensação do crime da Vale para que valor seja usado na duplicação da MG-353 em Juiz de Fora

O deputado estadual Betão (PT) apresentou uma emenda ao Projeto de Lei 2508/2021, que trata da compensação financeira da mineradora Vale pelo crime cometido em Brumadinho (2019), com o objetivo de viabilizar a obra de duplicar e recuperar a rodovia MG-353, no trecho entre o município de Juiz de Fora e o Aeroporto Regional da Zona da Mata.

A rodovia, principal leito de acesso ao Aeroporto Regional, é fundamental para o escoamento de cargas, para demandas comerciais nacionais e internacionais, para o transporte de insumos, máquinas e bens junto a indústria local e para transporte de passageiros.


“A retomada do crescimento da Zona da Mata no pós pandemia, passa pela melhoria de trechos como esse. Todo acesso a cidades como Juiz de Fora, principalmente os que escoam em aeroportos, são de extrema importância”, afirma Betão.

Entenda a importância das emendas apresentadas por Betão

Dos R$ 37,7 bilhões, R$ 11 bilhões do acordo serão destinados pela Vale para ao governo de Minas e graças a uma emenda aprovada na Constituição Mineira no ano passado, todo recurso extraordinário que o Estado obtiver acima de 1% do Orçamento, a ALMG deve avaliar o uso do dinheiro.

Por isso, Betão quer melhorar e garantir a destinação correta do valor do acordo, para que o mesmo não seja usado em projetos contra a sociedade, a exemplo a construção do Rodoanel da Região Metropolitana de Belo Horizonte, que vai transformar Brumadinho em um corredor de passagem e desalojar cerca de 3.500 famílias.

Lembrando que as emendas serão apresentadas e votadas em Plenário na semana que vem, e caso sejam aprovadas, passam a valer como complemento das ações previstas na destinação dos recursos do crime da Vale.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.