Associação Arte e Vida de Artesanatos adquire veículo por meio de emenda destinada pelo deputado Betão para fomento à Cultura em Açucena

Um veículo de 5 lugares, comprado por meio de emenda parlamentar destinada pelo deputado Betão (PT), vai ajudar a Arte e Vida Associação de Artesanatos, a melhorar a logística, potencializar a atuação e espalhar arte e Cultura pela cidade de Açucena e região.

Criada no ano de 2008, o local tem forte caráter social e agora, com um veículo específico, demanda da ex-prefeita da cidade, Darcira de Souza Pereira, será possível realizar mais e de forma melhor os eventos na cidade. Por isso, o diretor-presidente da Associação, Edilson Gonçalves Bento, comemora a vinda do recurso.

“Esse veículo representa uma conquista muito grande para a Arte Vida e Associados. Com certeza ajudará muito na nossas ações de geração e renda, no apoio aos nossos eventos e às manifestações culturais. Isso só reforça o compromisso do deputado estadual Betão com a nossa comunidade, no apoio e fomento ao desenvolvimento das nossas ações. É uma forma também de perpetuar a riquíssima cultura popular de nosso município.”

A Associação, sem fins lucrativos, realiza atividades de arte ligadas à educação, a venda de artesanatos e a projetos culturais em Açucena. No espaço, destinado à arte popular, atuam artesãos, artistas e mestres culturais de todo o município.

E não para por aí, um dos focos da Associação é também a geração de renda na produção de alimentos, artesanato e a preservação da cultura na região, lembrada pelo batuque, bumba meu boi, folias e músicas tradicionais.

Para Betão, que tem incentivado diversos projetos culturais em Minas, agora mais do que nunca esse recurso é essencial.

“O governo Zema cortou mais de 45% dos recursos em cultura e projetos sociais. No Brasil, Bolsonaro tem feito um verdadeiro desmonte do setor e recentemente a gente perdeu parte da história do país com o incêndio da Cinemateca. Por isso, nosso mandato tem dado uma atenção especial para o recurso que fomente e preserve a Cultura nos municípios”, detalha Betão.

Apesar de ser obrigação do Estado garantir um orçamento público destinado à cultura, entendemos que agora, mais do que nunca e por estarmos em uma pandemia, é necessário utilizar dos recursos provenientes das emendas parlamentares para assegurar melhorias aos municípios mineiros.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.