Betão apoia Recomeça Minas na Zona da Mata e chama atenção para urgência de um auxílio emergencial decente; “governo federal precisa parar de financiar bancos e garantir renda aos trabalhadores brasileiros”

Encontro com lideranças de Juiz de Fora e da Zona da Mata discutiu a necessidade de os governos federal e estadual auxiliarem financeiramente os trabalhadores agora na pandemia

O deputado estadual Betão participou hoje do Recomeça Minas na Zona da Mata, projeto que realiza rodadas de discussões promovida pela Assembleia Legislativa com objetivo de encontrar alternativas para recuperação do Estado nas diferentes regiões mineiras. O plano integra o Projeto de Lei (PL) 2.442/21, em análise na ALMG, e por meio dos encontros, vai recolher sugestões da sociedade para seu aperfeiçoamento.

O projeto discute, prioritariamente, medidas que deem condições para que setores mais atingidos pela covid-19 retomem suas atividades de forma segura. Uma das ideias citadas é a de facilitar a regularização de dívidas tributárias, através da redução de multas e juros para pagamento à vista ou parcelado.

Para Betão, além da urgência da vacinação em massa e da testagem para rastreio de casos da covid-19, a necessidade é que os governos também deem um auxílio decente aos trabalhadores não só na Zona da Mata, mas em todo o Estado. Ele cita que há setores em Juiz de Fora totalmente parados em função da falta de incentivo do Governo do Estado, que também não tem conseguido conter a pandemia.

“É preciso investir na testagem em massa até a vacinação efetivamente avançar em Minas, mas sobretudo é fundamental que os governos deem auxílios emergenciais decentes aos trabalhadores. O governo federal precisa parar de financiar bancos e ajudar aos trabalhadores brasileiros”, afirma Betão que, neste ano, direcionou mais de R$ 1,8 milhão para o controle da pandemia em Juiz de Fora e tem atuado no controle da pandemia em diversas cidades da Zona da Mata.

Segundo o PL, é preciso ainda apoiar atividades econômicas fortemente impactadas pela pandemia, por meio da redução da carga do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e também da prorrogação de prazos de benefícios desse imposto.

A prefeita de Juiz de Fora, Margarida Salomão (PT), acredita que estruturar um Projeto como esse, em defesa de toda região, é pensar também no pós pandemia.

“Estamos vivendo uma tragédia social e um imenso desacerto do ponto de vista econômico em função dos diversos atropelos que temos vivido no nosso país. É preciso que o Estado de Minas se levante e dê o exemplo. Por isso é importante essa discussão que vai além da pandemia, porque nós não estamos enfrentando apenas a pandemia, é pela recuperação ao direito à vida da nossa população”, acredita a prefeita da cidade que desde sexta-feira se encontra na onda vermelha.

Para o representante da Central Única dos Trabalhadores na Zona da Mata, Robson Marques, os trabalhadores das milhares de empresas na Zona da Mata pedem socorro.

“O trabalhador na Zona da Mata tem perdido o seu emprego e o auxílio emergencial não tem sido suficiente. A fome tem rondado os trabalhadores e é preciso ter um projeto que dê atenção aos trabalhadores informais, ao micro e pequeno empresário não só na Zona da Mata, mas em todo o Estado”, disse reforçando a importância da testagem em massa e a vacinação urgente de todos.

O presidente da Câmara Municipal de Juiz de Fora, Juraci Scheffer, alertou para o descaso do governo de Minas e a falta de diálogo com regiões como Juiz de Fora e como isso afeta o processo de recuperação das cidades.

“Juiz de Fora precisa de recurso extra. Somos cidade polo que atende a 94 cidades na região e precisamos de uma atenção especial no combate à pandemia”, disse lembrando que a região passa por um problema de infraestrutura que afeta Juiz de Fora, como a condição das estradas, e que o governo de Minas não tem dialogado com o município, inclusive fechando escolas sem consulta ou aviso prévio à população.

Em breve, serão publicados os apontamentos que vão integrar o Projeto de Lei. Acompanhe a tramitação do PL: https://www.almg.gov.br/atividade_parlamentar/tramitacao_projetos/interna.html?a=2021&n=2442&t=PL&aba=js_tabVisao

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.